Exposição Pegadas do Pequeno Príncipe inaugura no RJ

Exposição Pegadas do Pequeno Príncipe inaugura no RJ

Para celebrar 80 anos do famoso livro, a Exposição Pegadas do Pequeno Príncipe inaugura no Rio de Janeiro

Por Simone Barros – colaboração especial ao DT

O Rio de Janeiro recebe a partir de 4 de outubro, em espaço do shopping RioSul, o universo poético e filosófico de “O Pequeno Príncipe”. Uma exposição inédita, sensorial e com espaços instagramáveis, numa área de 600 m² , marca a comemoração dos 80 anos de um dos livros mais lidos do mundo: O Pequeno Príncipe, de Antoine Saint-Exupery.

Combinando a essência da história que cativou corações de adultos e crianças ao redor do mundo, esta exposição é mais do que uma simples mostra literária. O espaço reúne cenários que são uma verdadeira imersão no mundo do Pequeno Príncipe.

Desde o lançamento da primeira edição, em 6 de abril de 1943, o livro atravessou fronteiras, alcançando 548 línguas-culturas e conquistando fãs em todo o mundo. O Pequeno Príncipe foi o último livro que o aviador francês escreveu. Ele não chegou a conhecer o sucesso de sua obra, que foi lançada nos Estados Unidos, onde viveu de 1941 até o início de 1943.

A exposição “Pegadas do Pequeno Príncipe” tem curadoria de Mônica Cristina Corrêa, reconhecida como a maior especialista do Brasil no tema. Mônica traz à exposição um olhar de expert, revelando detalhes e nuances que enriquecem a experiência dos visitantes.

“Percorrendo a exposição, o público poderá redescobrir a obra seguindo as pegadas do pequeno príncipe, que são também as do seu autor. Um mundo fascinante e rico de conhecimento e beleza que deixam claro por que O Pequeno Príncipe faz 80 anos sem envelhecer e prometendo estar na moda daqui a outros 80”, disse Mônica ao DIÁRIO. Ela fez um discurso na abertura da mostra para imprensa e convidados.

Com essa exposição, a Living Books transforma páginas de livros em experiências tangíveis e memoráveis. “Iremos surpreender, encantar e fazer com que, através de exposições sensoriais, a vivência das histórias seja capaz de despertar no leitor aquela sensação de ter terminado o melhor livro da sua vida. Só que desta vez, ao vivo e compartilhando o momento com familiares e amigos”, afirma Cristiano Botinha ao DIÁRIO. Ele é sócio e diretor da vertical de Música e Cultura da V3A.

Detalhes da Exposição Pegadas do Pequeno Príncipe

O visitante irá percorrer um total de 10 salas. Em uma reprodução do escritório do autor, o visitante vai sentir o clima do início do século passado por meio do mobiliário, trilha sonora, figurinos, objetos pessoais e rascunhos do escritor, e uma linha do tempo com sua trajetória e aventuras no mundo da aviação e da escrita.

Já na sala dos asteroides, o público vai interagir com cada planeta e seus moradores, visitado pelo pequeno herói antes de sua chegada no deserto. O deserto é mais um dos lugares que será explorado pelos visitantes em uma sala com texturas e a instalação do Breguet-14, um dos aviões usado pelo autor ao longo de sua vida. O olhar sobre o cuidado com o planeta de Saint-Exupéry ganha uma sala com cenas da Terra em projeções em 360º.

Além de celebrar os 80 anos da primeira edição da obra de Antoine de Saint-Exupéry, a exposição “Pegadas do Pequeno Príncipe” tem mais um nobre propósito: destina 10% da arrecadação da bilheteria ao Hospital Pequeno Príncipe, o mais reconhecido hospital exclusivamente pediátrico do País, localizado em Curitiba, no Paraná.

Curiosidades

– Também em comemoração aos 80 anos de lançamento do livro, a região do Upper East Side, em Manhattan, Nova York (EUA), ganhou uma estátua de bronze do Pequeno Príncipe. Trabalho do escultor Jean-Marc de Pas, a estátua de mais de 1 metro de altura chegou no último dia 21 de setembro na cidade, sendo instalada em frente à Villa Albertine, a livraria e centro cultural da Embaixada da França. Olivier d’Agay, sobrinho-neto de Saint-Exupéry, presidente da Fondation Saint-Exupéry na França, esteve em Nova York para a inauguração da estátua.

-As sobrinhas netas do autor presentes na abertura da exposição irão se hospedar na La Grande Vallée, em Itaipava, distrito de Petrópolis ( RJ). A casa de José Augusto Wanderley é um local histórico, onde é sempre lembrada e exposta a história do autor de “O Pequeno Príncipe”, Antoine de Saint-Exupéry, que foi frequentador do local. Inclusive, essa iniciativa da hospedagem conta com o apoio da Prefeitura de Petrópolis. Além disso, elas também visitarão cartões-postais de Petrópolis, como o Museu Imperial e o Palácio Quitandinha.

-No ano passado, o Museu de Artes Decorativas de Paris apresentou a mostra “A la Rencontre du Petit Prince”, uma exibição detalhada sobre o trabalho do aviador e escritor que incluía manuscritos originais da obra.

PEGADAS DO PEQUENO PRÍNCIPE

Local: RioSul Shopping (2º piso)

A partir de: 04 de outubro

Dias de visitação: terça a domingo

Horário de funcionamento: Terça a Sábado – 10h20 às 21h / Dom -12h20 às 20h

Classificação: Livre

Valores dos ingressos a partir de: R$ 19,80 (meia).



Fale com a AMAB
contato@amab-zeperri.com
Publicado em 04/10/2023

Tags: , ,